Empoderamento do idoso

Categoria: Gerais - Palavras-chave: idoso | tecnologia

04/09/2017

[Por Marcelo Levites, em Estadão, 28/08/17] Muito se fala hoje em dia sobre o empoderamento. Da mulher, do negro, dos estudantes e por aí segue. O conceito de empoderamento social é dar direito a uma comunidade para que tenha voz e decisão.

O empoderamento social deve ser entendido como um processo pelo qual podem acontecer transformações nas relações sociais, políticas, culturais, econômicas e de poder.

Com o aumento da expectativa de vida, a longevidade passou a ser vista como um ganho para a sociedade e trouxe consigo uma geração de idosos dispostos a se livrar do estereótipo de “vovô ou vovó”.

O avanço da tecnologia e da medicina está proporcionando uma vida mais longeva e com qualidade, além de uma consciência social, produtiva e de consumo que tem levado muitas empresas a criar produtos específicos para os idosos. São viagens, cursos, imóveis e até empregos específicos para pessoas acima dos 65 anos e que, diferente de décadas atrás, sentem muito orgulho de terem envelhecido e fazem valer seus direitos.

São homens e mulheres que cuidam de sua saúde, da sua vida social e das atividades econômicas de dar inveja aos mais jovens. São idosos empoderados do seu papel na sociedade, na política e na economia.

Esse empoderamento faz sentido à medida em que serão 2 bilhões de pessoas acima dos 60 anos em 2020, segundo estimativas da Organização Mundial da Saúde (OMS).  Mas para que este poder possa fazer sentido é preciso que realmente tratemos os idosos com o respeito e a decência que lhes são devidos.

E, para o idoso, é preciso lembrar a cada dia que envelhecer não é um problema, mas faz parte do ciclo da vida. O fato é que envelhecer pode assustar, mas o importante é cuidar da saúde, praticar exercícios físicos e mentais para que as rugas sejam de experiência e não de estresse. Viva mais e melhor.


Rua Cândido Xavier, 575 Sala 21 - Água Verde - Curitiba / PR - Ver mapa >>>
Copyright © - Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia Seção Paraná - Todos os direitos reservados